Projeto “I-Tool”

Projeto “I-Tool”_SIMOLDES

Moldes Eficientes, Inteligentes e Otimizados para a Indústria

O projeto “I-Tool”_SIMOLDES visa conceber e desenvolver novas soluções de molde inteligentes, eficientes e otimizadas. O seu principal objetivo é a promoção da integração de ferramentas avançadas de análise e desenvolvimento e a adoção de métodos e tecnologias avançadas de fabrico.

Este projeto é promovido entre a empresa Simoldes Aços (principal promotor), a empresa Simoldes Plásticos e a INEGI*. A sua principal intenção é procurar responder eficazmente ao atual desafio de integrar ferramentas, softwares e fases de desenvolvimento de moldes.

Os principais objetivos são os indicados abaixo.

  • a criação de uma ferramenta de colaboração integrada no processo de desenvolvimento de moldes (reduzir a dependência da perícia humana e a necessidade de sucessivos processos de otimização);
  • a automatização  da interdependência de ferramentas e softwares e a criação de estruturas experimentais entre eles;
  • o desenvolvimento de novas soluções de molde, mais eficientes, integrando tecnologias produtivas alternativas e/ou complementares (como o fabrico aditivo).

O “I-Tool” promove uma inovação de produto importante, mundial e radical e tira partido dos últimos desenvolvimentos associados às ciências computacionais e algoritmos, nomeadamente grandes análises de dados. Isto, proporciona impactos positivos na conceção, desenvolvimento e fases de fabrico do molde – culminando num “molde otimizado”. E não só: é um molde mais leve, mais qualificado e com um tempo de colocação no mercado mais reduzido.

Com um investimento global de 3.149.544,48 Euros, este projeto é cofinanciado ao abrigo do Programa Portugal 2020 em 3.075.258,49 Euros do Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional.

A sua duração vai desde o dia 13 de maio de 2020 até ao dia 31 de março de 2023.

 

*Instituto de Ciência e Inovação em Engenharia Mecânica e Engenharia Industrial