Centros Inteligentes pull-flow no processo produtivo

Projeto N.º: 17.453
Designação do projeto: CENTROS INTELIGENTES PULL-FLOW NO PROCESSO PRODUTIVO
Investimento Total: 10.252.344,22 euros
Investimento Elegível: 9.286.591,82 euros
Incentivo: 4.179.210,31 euros
Localização do projeto: SANTIAGO DE RIBA-UL

 

Síntese do Projeto:

1. Objetivos:
A Simoldes Aços tem como visão afirmar-se, nacional e internacionalmente, como um exemplo no fabrico de moldes técnicos, reconhecidos pelo seu valor acrescentado e complexidade
técnica, pela sua diferenciação e pela sua inserção em soluções integradas, customizadas e flexíveis, dirigidas à sofisticada, exigente e dinâmica indústria automóvel.

Este enquadramento reflete-se nos grandes eixos estratégicos da empresa de: expansão da capacidade produtiva, diferenciação da oferta, melhoria do trinómio qualidade/prazo de entrega/custo e de inovação dos processos produtivos e da organização. Por sua vez, estes eixos estratégicos traduzem-se nos grandes objetivos estratégicos de: otimização do processo produtivo por via de uma utilização minuciosamente estudada de recursos e das atividades que o compõem, com reflexos no aumento da escala de atuação da empresa; automação dos processos e sua integração; inclusão de tecnologias de informação como elementos de suporte à tomada de decisões estratégicas; aposta no portfólio atual de produtos e na fidelização dos atuais clientes; adoção de modernas filosofias de gestão; internalização de atividades chave para a maximização da satisfação dos clientes; promoção da qualificação e da motivação dos colaboradores.

 

2. Descrição do Projeto:
O projeto visa capacitar a Simoldes Aços para o seu crescimento sustentado, respondendo eficazmente aos desafios colocados pela indústria automóvel e aproveitando a dinâmica que esta exibe. A empresa, detentora de uma dimensão considerável, de uma trajetória já longa e de uma elevada reputação, plasmada na relação estreita que tem com importantes first-tiers e OEM e patente no seu volume de negócios adstrito a moldes de elevado valor acrescentado, quer agora tornar-se, definitivamente, uma referência incontornável na indústria nacional e internacional de moldes sofisticados para exigentes clientes.

Para tal, gizou este projeto para aumentar a sua competitividade-valor, assente em torno de sistemas avançados de produção e, em particular, dos conceitos de: sistemas inteligentes e adaptativos (foco no desenvolvimento de novos sistemas e equipamentos, combinando soluções de mecatrónica, controlo, monitorização e automação), fábricas digitais e virtuais (concentrando-se na conceção das fábricas, gestão de dados e planeamento e gestão de operações, criando sistemas de comunicação entre a infraestrutura, os equipamentos e os stocks e integrando a informação em sistemas de controlo de gestão, otimizando a produção) e produção humano-cêntrica (focando a redistribuição de tarefas produtivas e o desenvolvimento de sistemas de interação homem-máquina, com trabalhadores altamente qualificados, controlando sistemas automatizados de elevada complexidade), pretendendo alcançar níveis elevados de flexibilidade e adaptabilidade.

A procura constante por ganhos de eficiência é, pois, uma peça basilar neste projeto, tendo repercussões, também, na escala de produção e na qualidade final da oferta. Estes desideratos serão alcançados através do aumento da capacidade instalada da empresa, que corresponde a um investimento de 10.252.344,22€ e que inclui equipamento produtivo e seus acessórios, softwares de apoio à produção e ao controlo de gestão, a edificação de um centro de desbaste, um plano de formação, itens de sustentabilidade ambiental, um estudo de viabilidade económico-financeira e despesas com TOC.